Analise completa do ML110

[Analise] Servidor HP Proliant ML110

Eduardo Passos Infraestrutura de TI 0 Comments

Hoje vou fazer uma análise do servidor de entrada da HP, o Proliant ML11o.

Será que ele é uma boa escolha?

Em quais cenários ele é mais indicado?

Essas e mais algumas perguntas que tentarei responder neste artigo.

Configurações básicas do ML110

O ML110 é um servidor de entrada da família Proliant de servidores da HP. Ele foi projetado para ter algumas características que não conseguiríamos ter com um desktop comum.

Já falei em outro artigo sobre porquê não devemos usar um desktop comum com o papel de servidor.

O ML110 vem com:

  • Processador Xeon E5-1603 v3 de 1,8 GHZ e com cache de 8MB
  • Memória de 08 GB, expansível até 256GB
  • Disco de 01TB SATA com possibilidade de expansão para até 04 discos
  • Suporte a RAID 0, 1, 1+0, 5
  • 02 portas RJ45 01Gb expansíveis
  • DVDRW
  • Fonte de alimentação fixa podendo ser trocada para fonte redundante

Só pelas especificações dá para ver que se trata de uma máquina altamente customizável, o que é bem interessante em se tratando de servidores.

Olhando as especificações você deve imaginar que estamos falando de um equipamento caro, certo? Errado! O ML110, em sua configuração padrão, tem um preço similar a um desktop.

Momento Jabá

Aproveitando que a Infobusiness lançou a sua loja virtual, quer a prova de como o servidor ML110 é realmente barato?

Clique no botão ao lado e veja a oferta do servidor ML110 parcelado em até 06 vezes sem juros.

Aplicações para o ML110

Já vimos que este servidor da HP é um pequeno prodígio, mas em quais aplicações ele é mais indicado? Abaixo destaco algumas.

Servidor de domínio

Ter um servidor de autenticação para o usuários de sua empresa é fundamental. O serviço de autenticação mais usado no mercado é o fornecido pelo Windows Server através do Active Directory.

 

Se você é uma pequena ou média empresa, a configuração padrão do ML110 o atenderá sem problemas.

Servidor de arquivo

Mesmo com muitas empresas migrando para serviços de nuvem como OneDrive ou Sharepoint Online, muitas ainda preferem armazenar os seus documentos em repositórios locais.

Se este é o seu caso, o ML110 pode ser uma boa escolha.

Como ele pode ter seu armazenamento expandido para até 16 TB de espaço bruto, ele oferece um excelente custo x benefício.

Servidor de aplicação

Toda empresa costuma ter pequenos aplicativos de negócio além do ERP principal, como: aplicativos de folha de pagamento, de contabilidade, de controle de acesso e etc.

São aplicações que não justificam colocar na infraestrutura principal da empresa. Nestes casos o ML110 pode ser uma boa opção por oferecer um bom poder de processamento e armazenamento, por um custo mais baixo.

Storage

Pode parecer estranho, pois muitos clientes preferem comprar um storage NAS de fabricantes conhecidos. Mas, que tal usar o FreeNAS e montar o seu próprio storage? Pode sair bem mais barato que comprar um storage NAS padrão de mercado.

Quanto custa o ML110

Não adianta nada falarmos de todas essas características do ML110, se ele não tiver um preço atrativo.

Como você pode ver na Loja Virtual da Infobusiness, o ML110 custa a partir de R$ 2.671,82 (preço de 28/11/2016) na sua configuração padrão.

Vale a pena? A minha resposta é sim, mas obviamente vai depender das suas necessidades.

Se precisa de um servidor de entrada, com custo baixo, mas que ofereça flexibilidade para escalar memória e disco, ele é sim uma excelente opção.