Comprar Windows Server

Guia completo: Como comprar Windows Server

Eduardo Passos Licenciamento de software Leave a Comment

Todos os dias eu recebo ligações de clientes com dúvidas sobre como comprar Windows Server. As dúvidas geralmente são as mesmas:

  • Qual a versão do Windows Server é a mais indicada para minha empresa?
  • Como comprar o Windows Server 2008?
  • Como definir a quantidade de licenças de Acesso do Windows Server (CAL)?
  • Como comprar licenças do Terminal Service (RDS)?
  • Como licenciar o Windows Server corretamente?

Essas são só algumas das várias perguntas que eu recebo todos os dias.

Por isso achei melhor preparar um Guia Completo sobre como comprar o Windows Server 2012 R2. Ao terminar de ler esse guia, você estará habilitado a:

  1. Entender como funciona o licenciamento do Windows Server 2012 Standard e Windows Server 2012 Datacenter;
  2. Saberá definir com exatidão, a quantidade de licenças de acesso (CAL) que precisa comprar para sua rede;
  3. Também saberá definir a quantidade de licenças de Terminal Service que precisa comprar;
  4. Conseguirá escolher se é melhor para sua empresa, comprar o Windows Server Standard ou Windows Server Datacenter;
  5. E entenderá como funciona o licenciamento de máquinas virtuais com o Windows Server.

É importante frisar que este artigo é referente a como comprar o Windows Server 2012 e as edições anteriores. Em breve o Windows Server 2016 será lançado e atualizaremos o artigo com as novas informações.

Enquanto isso, leia o artigo que fizemos sobre o Windows Server 2016 aqui.

O que você precisa saber para comprar Windows Server

O Windows Server 2012 é comercializado nas seguintes versões:

  1. Windows Server Foundation: Licença especifica para micro empresas com até 15 funcionários e somente comercializada pré-instalada em um servidor.
  2. Windows Server Essentials: Licença especifica para micro e pequenas empresas com até 25 funcionários. Ideal para empresas que não possuam um profissional de TI dedicado pois é mais simples configurar uma rede com esta licença.
  3. Windows Server Standard: Esta é a versão mais vendida do Windows Server e pode ser comercializada em todos os contratos de licenciamento da Microsoft.
  4. Windows Server Datacenter: Licença indicada para empresas com muitas máquinas virtuais. Não há diferenças técnicas entre a versão Standard e a Datacenter.

A escolha por qual versão do Windows Server você deve comprar é relativamente simples. Primeiro, é importante verificar quantos funcionários ou máquinas irão usar a rede, e se tem pretensão de crescer esse número.

Se a sua empresa tem menos de 15 funcionários, a escolha mais interessante é comprar um servidor com o Windows Server Foundation.

O Windows Server Foundation é vendido exclusivamente na modalidade OEM, ou seja, só pode ser vendido em conjunto com um servidor. Ele já vem com o licenciamento correto para até 15 funcionários e o custo de aquisição é bem baixo.

Agora, se a sua empresa possui no máximo 25 funcionários e não tem possibilidade de passar de 25 funcionários. O Windows Server Essentials pode ser uma boa escolha.

O Windows Server Essentials é uma versão simplificada do Windows Server e bem mais fácil de instalar e configurar. Em breve irei escrever um artigo sobre ele aqui em nosso site.

Se quiser saber mais informações sobre o Windows Server Essentials e o Foundation eu indico os links abaixo:

Site sobre o Windows Server Essentials

Site sobre o Windows Server Foundation

Se a sua empresa possui mais de 25 funcionários ou identificou que falta algum recurso nas versões Essentials ou Foundation, então a escolha deverá ser comprar o Windows Server Standard ou o Windows Server Datacenter.

E agora, qual versão escolher?

Quais as diferenças entre o Windows Server Standard e Datacenter

Tecnicamente falando não existe nenhuma diferença entre as versões Windows Server 2012 Standard e Datacenter. A única diferença entre essas versões é a quantidade de máquinas virtuais que elas licenciam.

Cada licença de Windows Server Standard te dá o direito a virtualizar mais 02 licenças de Windows Server. Já o Windows Server 2012 Datacenter te dá o direito a virtualizar infinitas máquinas virtuais por host licenciado.

Para ficar mais claro, vamos criar uma situação hipotética para fins de ilustração.

Imagine que a sua empresa tenha um servidor, com 01 processador somente. E que neste servidor você tenha instalado um vSphere da Vmware para virtualizar 06 máquinas virtuais com o Windows Server. Quantas licenças você teria que comprar caso se optasse pelo Windows Server Standard e quantas licenças teria que comprar se optasse pelo Windows Server Datacenter?

Veja na tabela baixo:

Windows Server Standard Windows Server Datacenter
03 licenças 01 licença

Percebe a diferença? Dependendo do seu cenário de virtualização, pode ser mais barato comprar o Windows Server Datacenter.

Para saber se você deve escolher o Windows Server Standard ou o Datacenter, você precisa se fazer as seguintes perguntas:

  • Vou ter mais que 06 máquinas virtuais ?
  • Vou trabalhar com máquinas virtuais em cluster ?
  • Vou ter um ambiente de alta disponibilidade ?

Se respondeu sim para todas as perguntas acima, é praticamente certo que a versão que precisa comprar é o Windows Server Datacenter.

Como determinar a quantidade de licenças para comprar do Windows Server 2012

Agora que você já consegue saber exatamente qual versão do Windows Server 2012 é a mais adequada para sua empresa, o próximo passo é saber qual a quantidade licenças precisa comprar.

Pode parecer simples mas não é. O licenciamento do Windows Server tem algumas pegadinhas. Vamos lá.

Primeiro ponto, a Microsoft exige, para considerar o licenciamento do Windows Server correto, que a empresa compre as licenças do Windows Server 2012 para os seus servidores e que também compre as licenças de acesso a rede para seus usuários ou dispositivos.

E ai você pode falar: “sem problemas, eu comprei meus computadores já com o Windows. Esta tudo certo”. Sinto em te decepcionar mas não está certo.

Quando falamos de licenciamento do Windows Server 2012 e das versões anteriores, a Microsoft exige que seja comprado a licença do servidor e uma outra licença, que se chama Client Access License, ou CAL para os íntimos, para cada usuário ou dispositivo que acesse o seu domínio de rede interno.

Mas já falo mais sobre a CAL. Vamos por enquanto nos fixar no licenciamento dos servidores com o Windows Server 2012.

Cada licença do Windows Server 2012, tanto a Standard quanto a versão Datacenter, licenciam máquinas com até 02 processadores. Isso significa que, caso o seu servidor tenha 04 processadores, você precisará comprar 02 licenças do Windows Server 2012 para que este servidor seja considerado legal.

Na verdade este é um ponto que 90% das empresas não precisam se preocupar. É muito difícil uma empresa ter em seu Datacenter servidores com mais de 02 processadores. De qualquer maneira é importante que tenham isso em mente quando forem comprar o Windows Server 2012.

Ok, já entendemos como saber a quantidade de licenças para meu servidor. Já sei que também levar em consideração meu ambiente de virtualização para determinar a versão do Windows Server e as quantidades. Mas e essa tal de CAL? 

Agora sim vamos falar da famigerada CAL ou licença de acesso.

Como comprar CAL do Windows Server e como determinar a quantidade

Ninguém compra o Windows Server para ficar isolado instalado em um servidor certo? Você instala o Windows Server e configura algum serviço como um servidor de arquivos, um controlador de domínio ou qualquer outro serviço do tipo.

Qualquer um dos serviços citados são uso de seus clientes na rede que nada mais são que seus computadores, notebooks, celulares e etc.

No escopo do licenciamento do Windows Server a Microsoft exige que, qualquer usuário ou dispositivo que precise usar recursos de uma rede com Windows Server, precisa estar licenciado com a sua devida licença de acesso (CAL).

Para facilitar o entendimento, imagine uma empresa de 40 funcionários e que tenha somente um pequeno servidor como controlador de domínio.

Como essa empresa não tem virtualização e só tem um servidor, fica claro que ela precisa comprar somente 01 licença do Windows Server.

Já com relação as licenças de acesso, ela precisa comprar 40 licenças certo? Depende.

As licenças de acesso do Windows Server (CAL) podem ser compradas baseados na quantidade de usuários ou na quantidade de dispositivos na rede.  Para escolher qual a melhor opção, considere o seguinte:

As licenças de acesso por usuário são mais indicadas quando a maioria dos seus funcionários acessam o seu domínio de rede através de vários dispositivos diferentes. Neste caso, sai mais barato comprar as CALs por usuário.

Já as licenças de acesso por dispositivo são mais indicadas para empresas onde a maioria dos funcionários usam sempre a mesma máquina. Neste caso, o cenário mais barato é comprar a CAl por dispositivo.

Voltando ao exemplo da empresa com 40 funcionários. Eu como consultor perguntaria se a maioria dos funcionários usam máquinas fixas ou se acessam a rede corporativa de vários dispositivos diferentes.

Só depois de definir a versão da CAL é que eu orçaria para este cliente 40 CALs de acesso de acordo com a realidade dele.

A Microsoft tem um site com uma calculadora (em inglês) que facilita essa escolha. Acesse aqui.

Como comprar o Remote Desktop Service (O antigo Terminal Service)

Muitas empresas precisam conceder acesso remoto aos seus servidores para os seus usuários. Geralmente para usar alguma aplicação ou acessar algum recurso.

Esse acesso remoto é concedido através de um serviço do Windows Server chamado Remote Desktop Service, que é uma evolução do antigo Terminal Service.

Apesar do serviço já estar incluso no Windows Server 2012, é necessário licenciar os usuários com CALs especificas para o RDS. A lógica é a mesma que a usada nas CALs do Windows Server.

Todo usuário de sua empresa que precisar ter acesso remoto ao seu servidor deverá estar licenciado com a CAL de acesso ao Windows Server e também com a CAL de acesso remoto (RDS). A única exceção é o acesso para administração do servidor. Este tipo de acesso já vem licenciado.

Como comprar Windows Server 2008

Esta é outra dúvida muito comum e é facil de responder. Compre o Windows Server 2012.

O Windows Server 2008 não é mais comercializado pela Microsoft. Clientes que precisam licenciar instalações irregulares do Windows Server 2008 ou mesmo que precisam utilizar exclusivamente esta versão por algum motivo, devem comprar um licença do Windows Server 2012 e fazer o downgrade para versão anterior no site VLSC da Microsoft.

Conclusão

Espero que este pequeno guia facilite o dia-a-dia dos gestores de TI que estão precisando comprar Windows Server mas não encontram muitas informações sobre como licenciar o produto para não correr o risco de ficar ilegal.

Se a sua empresa está precisando comprar Windows Server, nós da Infobusiness podemos ajudá-lo a encontrar o modelo ideal de licenciamento. Clique na imagem abaixo e fale com um de nossos consultores.

Clique aqui para ver preço do Windows Server e como comprar