locação de equipamentos

Locação de equipamentos é a saída para a crise

Eduardo Passos Computação pessoal 0 Comments

Calma! Abra a sua mente e esqueça o preconceito por um instante. No Brasil, quando falamos em aluguel de equipamentos, pensamos somente em situações específicas onde precisamos de um equipamento de forma temporária, como um projetor, por exemplo.

O que estou sugerindo é que ao invés de comprar os equipamentos de TI que a sua empresa precisa, você optasse por alguma modalidade de aluguel. Será que vale a pena? É isso que iremos analisar.

Vamos aos fatos.

Vamos aos fatos.

Entendendo o conceito de locação de equipamentos de TI

O mundo está trocando a compra de bens para a subscrição de serviços. É só olhar o mercado da música. Antes comprávamos os LPs, por últimos os CDs e agora assinamos serviços do tipo Spotify para ouvir as nossas músicas preferidas.

Nem o carro nós compramos mais. Muitas pessoas, eu inclusive, já abandonaram o carro e preferem usar serviços como Uber.

Falando especificamente do nosso mercado de TI, é só olhar como contratamos softwares como Adobe ou Office. Não compramos mais a licença e sim contratamos o serviço de licenciamento através de um pequeno pagamento mensal ou anual.

E por que esse modelo faz sentido? Abaixo destaco uma lista de alguns benefícios:

  • Meu custo operacional se ajusta ao tamanho da empresa. Se precisar crescer, não preciso de muito capital, se meu faturamento cair o meu custo também cai.
  • Dependendo de como a sua empresa recolhe os seus impostos, você pode usufruir de benefícios fiscais.
  • A gestão dos ativos fica mais simples, pois você tende a ter um parque padronizado e com suporte direto do seu provedor de serviços.
  • Sobra de capital para compor o caixa da empresa e focar em investimentos que estão diretamente relacionados com o core business da empresa.

No Brasil ainda temos muito preconceito com aluguel de uma forma geral

Então, se você e a sua empresa já compra tantas coisas como serviço, por que ainda compra seus equipamentos do mesmo jeito que comprava no século passado.

“Mas Eduardo, alugar um equipamento sai mais caro ao longo prazo do que seu comprasse a máquina no modelo tradicional” 

Será? Eu gosto de fatos e números. Então vamos aos números!

Qual o custo do aluguel ?

Vamos simular que você precise comprar uma determinada quantidade de equipamentos, que somadas após uma cotação no mercado, custe para sua empresa R$ 50.000,00.

Vamos considerar também que a sua empresa recolhe seus tributos federais como Lucro Real.

E se ao invés de comprar esses equipamentos, você utilizasse um parceiro de locação? Nós usamos a Grenke e ela tem custos bem competitivos.

Segundo a tabela da Grenke, o contrato de 36 meses para uma compra somente de equipamentos no total de R$ 50.000,00, geraria um custo mensal de R$ 2.100,00 por mês.

Ok, talvez um contrato de 36 meses seja muito para você. E se forem 12 meses, qual o custo mensal? Para o mesmo valor de R$ 50.000,00 o valor da mensalidade é de R$ 4.850,00

Mas lembre, isso não é um financiamento tradicional! Lembra que eu falei que a sua empresa recolhe seus impostos como Lucro Real? Então, vejamos os benefícios disso:

Benefícios fiscais da locação de equipamentos para empresas de lucro real

Empresas enquadradas no lucro real, podem ter direito a crédito de PIS e COFINS, além de dedução do imposto de renda e CSLL para contratos de locação.

  1. Se o equipamento for utilizado na atividade fim, ex.: impressora para impressão de folhetos em uma gráfica – Crédito de 1,65% para PIS, 7,6% para Cofins, e dedução no IRPJ e CSLL (15% e 9%).
  2. Se o equipamento não for utilizado na atividade fim, ex.: impressora para o escritório administrativo de uma loja de confecções – Dedução de IRPJ e CSLL (15% e 9%).

Como fica o cálculo dos benefícios fiscais?

Vamos considerar, para fins de cálculo, que o equipamento comprado é para uso na sua atividade fim, com o contrato de 36 meses para o valor de R$ 50.000,00. Vamos aos cálculos!

Créditos de PIS e Cofins

Descrição Locação
Base de calculo para crédito  R$ 75.600,00
Crédito de Pis e Cofins (9,25%)  R$    6.993,00
Valor do crédito mensal  R$        194,25

Despesas dedutíveis do IRPJ e CSLL

Descrição Locação
Despesa de locação Mensal  R$    1.905,75
Valor total deduzido como despesa  R$  68.607,00
Desconto IRPJ e CSLL (Total do contrato)  R$  16.465,68
Desconto IRPJ e CSLL  R$        457,38

Valor da prestação líquida após os descontos dos benefícios: R$ 1.448,37

Vamos a análise

Eu já acho melhor pagar um valor mensal de R$ 2.100 do que dispor de R$ 50.000,00 para investir à vista. Mas, talvez, você ache que vale a pena pagar os juros.

Mas quando você aplica os benefícios e descobre que, na verdade, a parcela sai por R$ 1.448,37, a operação passa a fazer todo o sentido.

“Nossa que maravilha Eduardo, mas a minha empresa recolhe pelo Lucro presumido, como faço?”

Primeiro, sugiro que o seu corpo executivo procure uma consultoria tributária para entender se realmente vale a pena continuar no Lucro Presumido.

Mesmo não sendo lucro real, a sua empresa pode usufruir de todos os outros benefícios que destaco abaixo:

  • Não usar o capital da empresa para aquisição de equipamentos;
  • Não usa o limite de crédito que a sua empresa já tem com fornecedores e com os bancos;
  • Não imobiliza os equipamentos no ativo da empresa, economizando o custo de inventário;
  • Tenha sempre o equipamento mais novo e atualizado.
  • Adicione um seguro ao contrato e proteja os equipamentos de uso inadequado, furto, raio, curto, vandalismo, incêndio e etc.

Faça a sua simulação sem compromisso

Gostou do que leu neste artigo e quer uma simulação personalizada? Clique no botão ao lado e deixe-nos mostrar como a sua empresa pode economizar na compra de equipamentos de TI.