fbpx

5 pontos para a sua TI crescer

Avançar tecnologicamente atrelado ao conservadorismo corporativo: 5 pontos para a sua TI crescer.

Em todo os artigos aqui já publicados sempre tratamos as principais soluções, tendências e avanços no mercado tecnológico para que você possa acompanhar e entender o que melhor é disponibilizedo nesse universo que a TI hoje nos fornece.
Observamos ainda que os custos de investimento e manutenção de uma empresa para

acompanhar essas tendências é elevado, mas até que ponto essa alavanca global interfere na conservação de um padrão corporativo que muita das vezes é contrário a esse contexto atual?
Seja pequena, média ou até uma grande corporação, essas sofrem muita das vezes a interferência do conservadorismo de um corpo de gestão que não encara a TI como

investimento e sim como custo. Temos os casos que observamos o própria figura de gestão dos recursos de TI ficando “amarrada” a cultura e tendências retrógradas e se caso sofram alguma modificação serão encaradas como prejudicias para aquele ambiente já “consolidado”.
A máxima “Guardar conhecimento” há anos luz caiu por terra e o progresso de uma empresa é diretamente proporcional aos recursos direcionados a parte de armazenamento, transmissão, processamento e preservação de seus dados.
Outra questão que ainda é muito levada em prática é qual o valor e não qual o benefício que isso irá trazer para minha empresa.
Então quais os argumentos e pontos que devem ser analisadospara combater e criar um espaço onde a visão de sucesso profissional e de desenvolvimento dos negócios facilmente seja identificado?

1 – Servidores:

Saia do  conceito do BBB (Bom,  Bonito e Barato), é muito mais interessante você ter um

deskserver que não foi preparado ou desenvolvido para fornecer alta disponibilidade, custo baixo e garantia de todos dos seus ítens separadamente ou um servidor com nome, alta disponibilidade, confiabilidade, garantia integrada de todos os seus ítens onsite, redundancia de rede, fonte e discos?

2 – Sistema Operacional:

Outro ponto extremamente importante a ser observado. A escolha do sistema, suas funções, política de grupo e usuários e o mais severo de todos: o licenciamento do mesmo para o número correto de estações.

3 – Segurança e Internet:

A escolha correta do antivírus (ferramentas corporativas e não gratuitas), preferencialmente em versão corporativa com rastreamento de email, com acesso a internet controlado por firewall e proxy e finalizando este quesito, atualizações periódicas da ferramenta e suas vacinas.

4 – Rede e Infraestrutura:
Outra preocupação que muitas das vezes não é bem avaliada, escolhida ou até mesmo colocada em segunda plano e a escolha da solução de energia e do ambiente no qual irá receber toda esta infra. Portanto, alguns pontos precisam ser observados:
a) A escolha do Nobreak correto, de preferência com algum nível de gerenciamento porém, que haja um bom senso em observar a quantida de ítens, quais os equipamentos e o espaço para acomodar este equipamento. Não crie a utopia que ao escolher um nobreak de 1kva que ligue todos os seus 20 servidores eles estarão seguros e terão uma autonomia na ausência de energia de 2 horas.
b) Rede elétrica com aterramento e estabilizado.
c) cabeamento estruturado.
d) Switch Principal com Porta Gigabit ligada direto ao Servidor.
e) Pontos de rede identificados.

5 – Backup:

Deixei para o último bloco o ítem que em postagens anteriores já disse que em um pouco mais de 50% das empresas não há uma solução eficaz.
As rotinas de backup com DVD-R, HD Externo e outros ainda estão a pleno vapor e tais práticas podem ser eficazes naquele momento porém, de forma provisória.
Aplique soluções como backup em unidades de fita, storage ou soluções na nuvem estas sim, trazem a segurança necessário para qualquer tipo de desastre que possa ocorrer na organização que você trabalha.
Vale lembrar que não adianta no caso de backup físico indepente do tipo, o mesmo ser realizado e ficar armazenado do lado do local de origem, nesse caso, em vias de uma tragédia o backup e a empresa estarão encerrados.

Este foi um breve resumo de alguns fatores importantes para quebra de conceitos e avanço dentro de uma corporação, que se ainda não observou esses fatores certamente está ficando cada dia mais obsoleta.

Caso queira conhecer mais de soluções que acompanham as novas tendências, buscam pela excelência e eficácia de performance, entre contato conosco.

Pablo Silva

Gerente de Produtos de Infraestrutura

 

Eduardo Passos
Eduardo Passos
Diretor de serviços e produtos na Infobusiness Informática, com mais de 12 anos de experiência no mercado de TI brasileiro.

Deixe seu comentário