fbpx

Conhecendo soluções Microsoft – Forefront Unified Access Gateway

Para uma acesso remoto seguro a recursos de uma rede local é preciso assegurar regras e estabelecer um controle eficiente de quem esta acessando, principalmente se este acesso é feito de fora da organização. O UAG 2010 entrega uma solução para acesso remoto abrangente e segura garantindo acesso a recursos corporativos para funcionários, parceiros e fornecedores de uma gama diversificada de pontos de extremidade e locais, incluindo gerenciados e não gerenciados PCs e dispositivos móveis.

O Forefront UAG suporta aplicações Microsoft, incluindo Microsoft SharePoint ®, Microsoft Exchange Server, serviços da área de trabalho remota e Microsoft ® Dynamics CRM através de módulos de otimizados predefinidos. Estes módulos incluem as configurações ideais e regras para a proteção de aplicativos específicos e baseiam-se em profunda investigação sobre o comportamento do aplicativo,  interações browser–server e análise de  ponto de extremidade.

O UAG 2010 fornece conectividade de acesso remoto através de uma combinação de VPN, SSL VPN,Publicação na Web e DirectAccess. Isso permite que as organizações padronize, e consolidem uma infra-estrutura as vezes múltipla em uma única plataforma econômica.

O licenciamento do UAG é bastante simples sendo necessário uma cal de usuário/device para cada acesso remoto feito ao portal aonde os recursos são publicados e uma licença para o servidor, ou o produto UAG propriamente dito. Você também pode licenciar conectores externos para usuários que não fazem parte do seu domínio. Além disso é possível de comprar packs de CAL´s do UAG de 10000 usuários/devices.

Para mais informações sobre o UAG recomendamos a leitura do datasheet da solução. Se você quer avaliar o UAG em seu ambiente pode fazer o download do mesmo no seguinte link:

http://www.microsoft.com/download/en/details.aspx?id=27604

Eduardo Passos
Eduardo Passos
Diretor de serviços e produtos na Infobusiness Informática, com mais de 12 anos de experiência no mercado de TI brasileiro.

Uma resposta

Deixe seu comentário